Domingo, 2 de Outubro de 2005

XIII Capítulo " Doce Domingo "

Eu e a imperial rainha do meu coração dormimos agarradinhos um ao outro até a hora do do sol alto após nos termos entregue um ao outro na festa de Afrodite na pelnitude dos mais doces sentidos.
Mas parecia que o fogo do amor não se tinha extinguido na escaldante noite de amor porque quando fomos tomar um retemprador, o nosso calor quse evaporava a água do chuveiro e então resolvemos mudar para um banho de espuma e a Deusa do Amor encarnou em nós de tal forma que nss primeira refeição desse doce domingo foi o almoço, uma deliciosa picanha com molho de natas e batatas fritas e para beber uma vitamina para sobremesa, muitos beijos e gelado de chocolate com nozes. A doçura infinita daquele domingo continuou porque depois fomos dar um passeio transportado nos nossos beijos que so foi interropido por uma chamda de D. Cristiana, minha mãe.
- Meu filho ontem passaste a noite fora e deixaste a mim e ao teu pai preocupados.
- Mil desculpas por não avisar mas estou bem e estive entregue em boas mãos, em mãos mãos dulcíssimas.
- Nas mãos da Catarina, não ?
- Sim.
- Então estiveste bem entregue, muito bem entregue.
- Estive pois.
Para adoçar mais esse domingo já de si doce a minha princesa preciosa se lembrou de irmos jantar a minha casa e lógico que aceitei mas como ainda era cedo para o jantar retomamos o passeio transpotados nos nossos beijos para dar um ar mais romantico resolvemoos dar dar um passeio de elétrico pela Lisboa antiga e apanhamos o 28 no Largo do Camões.
E pela longa viagem que fazia recordar a infância da minha rainha fomos trocando beijos e carícias que quase nem dávamos pelo terminal dos eléctricos no Martim Moniz donde depois seguiriamos para minha casa.
A minha rainha deu a ideia que o jantar fosse peixe devido ao nosso almoço ter sido um lauto prato de carne e não lhe apetecia comer carne de novo e pensando nisso liguei para dona Cristiana.
- Sim meu filho ?
- Mãe poderias fazer peixe para o jantar e faz a contar com a Catarina por favor.
- Por acaso o jantar hoje que vou fazer é peixe, pescada grelhada com molho grego, e tens uma visita surpresa para ti.
- Quem é mãe ?
- A pessoa em causa me pediu para não te dizer .
- Está bem mãe não insisto mais sobre a visita surpresa.
Embora eu desconfiasse logo do meu amigo Pedro mas quis manter a surpresa e a minha suspeita se confirmou; a visita surpresa era o meu idoso amigo que veio com a sua esposa jantar connosco e depois dos cumprimentos da praxe Pedro só disse obrigado. entendei o sentido daquele agradecimento e o jantar decorreu na maior das calmas apesar do jogo de futebol entre Benfica e Braga que corria na televisão havia sempre uma mãozinha malandreca entre eu e a dona do meu coração.
Quando o jantar acabou Pedro e a sua eterna esposa D. Claúdia seguiram para casa e eu fui levar a minha deusa a sua casa e quando chegamos a porta do meu amor começamos logo aos beijos tão escaldantes e violentos que tocamos a campainha com as nossas cabeças e quem abriu a porta foi D. Fernanda, mãe da minha rainha e minha futura sogra que nos apanhou aos beijos e levemente descompostos. Nos composemos dei as boas noites aos pais do meu amor me ofreceram um café e antes de ir para casa dei um beijo bem escaldante ao meu amor, a imperatriz do meu coração e segui para casa quando repetiramos outro domingo cheio de amor e se dia 13 de Junho não seria o dia ideal para nos casarmos.
publicado por tron às 19:05

link do post | Os vossos suspiros | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 6 de Outubro de 2005 às 00:27
DOCE DOMINGO... Mas como eu aprendo contigo... vir até aqui alimenta-me a alma... jinhos ternosPerfect Woman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Outubro de 2005 às 21:22
Muito obrigada pelo teu comment no meu blog, gostei muito do teu! :D mariana
(http://www.raparigaseconfissoes.blogs.sapo.pt)
(mailto:marianapinto3@hotmail.com)
De Anónimo a 3 de Outubro de 2005 às 23:10
lindo cantinho aki tens... adoro a forma como misturas uma simples descriçao c o uso de metaforas para enunciares teu amor... continua assim... optima criatividade...su
(http://manasaluadas.blogs.sapo.pt)
(mailto:aluadamana@sapo.pt)

comentar capítulo

Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimos Capítulos

XX Capítulo " Ao Ritmo Da...

XIX Capítulo " O Sobrinho...

XVIII Capítulo " Os Peq...

XVII Capítulo " Os Amigos...

XVI Capítulo " Grandes De...

XV Capítulo " Desleadades...

XIV Capítulo " A Aceitaçã...

XIII Capítulo " Doce Domi...

XII Capítulo " Dolorosas ...

XI Capítulo " Correntes Q...

arquivos

Dezembro 2006

Setembro 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Abril 2005

visitas

Anti-depressants

Blogstars

I Was Born To Love You

Friends Will Be Friends

These Are The Days of Our Lives